jusbrasil.com.br
26 de Maio de 2019

Assembleia aprova fim do cadastro de reserva nos concursos públicos

A Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei o deputado Neto Evangelista (PSDB), dispondo sobre a vedação da realização de concurso público para a formação de cadastro de reserva em todo o Maranhão. O projeto seguiu para sanção do Executivo.

De acordo com o projeto, o edital de cada concurso público de provas e títulos, no âmbito da administração pública estadual direta e indireta e dos municípios, não poderá deixar de prever o número de cargos a serem providos.

O projeto de Neto Evangelista diz, também, que a formação do cadastro de reserva de candidatos só será permitida para os que forem aprovados, em número excedente ao de cargos providos.

INDÚSTRIA DOS CONCURSOS

Para Evangelista, a realização de concursos específicos para a formação de cadastro de reserva tornou-se um hábito da administração pública, e o edital dos certames não indica o número de cargos a serem preenchidos.

O parlamentar tucano observa que circunstâncias descritas, será possível a administração pública estadual e municipal realizar concursos, mesmo quando não houver qualquer cargo vago.

Tais concursos podem, muitas vezes, estar ludibriando os candidatos, aia criar-lhes falsas expectativas de nomeação. Nessas situações, o único beneficiado será a chamada indústria dos concursos, afirmou.

8 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

O Brasil acordou
projeto de lei do deputado Neto Evangelista (PSDB), dispondo sobre a vedação da realização de concurso público para a formação de cadastro de reserva em todo o Maranhão. O projeto seguiu para sanção do Executivo. Deveria estender por todo país , pois os concursos virou fabrica de arrecadação.Não só deveria vedar concurso para cadasdro de reserva como também , não poder realizar novos concursos enquanto não chamar todos os aprovado , se tem vagas porque esperar o concurso vencer. continuar lendo

De acordo com o projeto, de leis o edital de cada concurso público tem que manter uma administração correta é abstrato para ser analisadas por causa das situações. que não favorece a certos fatores .As observações em tese torna-se em submeter para as pessoas que deseja concorrer uma unica vaga em realizar uma a provação para o cargo substituido. continuar lendo

Apoiado! Esta medida deveria ser implementada ao âmbito nacional! continuar lendo

Apoiado! Esta medida deveria ser implementada ao âmbito nacional! Só espero que realmente seja aprovada no Executivo maranhense! continuar lendo