jusbrasil.com.br
25 de Janeiro de 2022
    Adicione tópicos

    Em clima de emoção, Legislativo maranhense se despede de João Evangelista

    O ex-presidente da Assembleia Legislativa, deputado João Evangelista Serra dos Santos (PSDB), 52 anos, foi sepultado hoje (15), no final da tarde, no Cemitério Parque da Saudade, no conjunto Vinhais, ao lado do jazigo onde o pai está enterrado.

    O corpo de Evangelista chegou ao Parque da Saudade às 16h45, levado por um carro do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão (CBMMA) e escoltado por um grupo de policiais batedores do Grupo Águia, da PMMA.

    Participaram os deputados Marcelo Tavares (PSB), Arnaldo Melo (PMDB), João Batista (PP), Helena Heluy (PT) e cerca de 1.000 pessoas, entre familiares, amigos, correligionários e funcionários da Assembleia.

    A emoção tomou conta da despedida a João Evangelista, quando a Banda da Polícia Militar tocou a marcha fúnebre. Neste momento, os presentes choraram e aplaudiram o ex-presidente.

    Foi o reconhecimento da luta do parlamentar pelo bem estar de toda a população maranhense. Durante toda sua trajetória política, João Evangelista sempre procurou ajudar as pessoas que precisam.

    O deputado vinha enfrentando um sério problema de saúde há dois anos e quatro meses. Nos últimos dias, estava internado no Hospital São Domingos, onde foi vencido pela doença nesta madrugada.

    Com a morte do parlamentar, assume na próxima semana a vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão o funcionário da prefeitura de Imperatriz, Carlinhos Amorim (PSDB), suplente do deputado João Evangelista.

    HISTÓRIA DE LUTA

    João Evangelista nasceu em São João Batista e veio para São Luís aos sete anos. Era agropecuarista. Foi eleito vereador de São Luís em 1988 e em 1992 e foi presidente da Câmara dos Vereadores de São Luís.

    Em 1994, foi eleito deputado estadual, se reelegendo em 1998, 2002 e 2006. Durante a sua atuação no Legislativo maranhense, foi eleito presidente da Casa nos biênios 2005/2006 e 2007/2008. Em 2007, ele exerceu o cargo de governador do Estado por cinco dias.

    O filho Neto Evangelista destacou, em artigo publicado no Jornal Pequeno que, com a garra e a determinação que sempre teve, Evangelista conseguiu lograr êxito e foi eleito vereador de São Luis, em 1988, com a quarta maior votação.

    Reeleito, em 1992, com a maior votação já registrada até aquelas eleições, foi conduzido por seus pares à Presidência da Câmara Municipal. Teve destacada atuação à frente do Legislativo ludovicense, cuja marca foi a modernização de sua estrutura e a democratização.

    Seu atuante desempenho na Câmara, o credenciou a conquistar o mandato de deputado estadual em 1994, com a terceira maior votação do estado e a maior da capital, votação esta jamais obtida por um parlamentar, até aquele ano. Foi reeleito em 1998, em 2002 e em 2006, sendo outra vez o terceiro mais votado.

    Como deputado estadual, João Evangelista trabalhou incansavelmente pela melhoria das condições de vida dos maranhenses. Foi eleito presidente da Assembléia Legislativa nos biênios 2005/06 e 2007/08.

    Suas gestões foram marcadas pela visão empreendedora de valorização da instituição e de seus servidores; projetos de inclusão social relevantes, como Sol Nascente, Parlamento Estudantil, Assembléia na Comunidade e Águas Perenes.

    Para aproximar o Legislativo da sociedade, Evangelista comandou a construção de uma das Assembléias Legislativas mais modernas do Brasil, proporcionando aos parlamentares um espaço digno para o trabalho legislativo e para a população, a verdadeira Casa do Povo, e dinamizou o setor de comunicação da Assembléia.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)